Melhor duplista da atualidade sofre lesão no joelho e grita por ajuda em Wimbledon

Por DANIEL CASTRO

Líder do ranking de duplas, a americana Bethanie Mattek-Sands, 32, protagonizou a cena mais triste desta edição de Wimbledon até agora (esperamos que não ocorra uma pior). Na partida de segunda rodada do torneio de simples, contra a romena Sorana Cirstea, ela escorregou ao subir à rede, caiu no chão e começou a gritar por ajuda e se contorcer de dor no joelho direito.

O jogo, que estava no início do terceiro set, acabou por ali. A tenista deixou a quadra de maca e foi levada para o hospital. Ainda não há informações detalhadas sobre a gravidade da lesão —o torneio informou que ela é “aguda”. O vídeo abaixo mostra o momento (as imagens são fortes).

O episódio não assustou apenas Mattek-Sands. Cirstea ficou visivelmente desesperada ao se aproximar da rede e ver a situação da rival. Mais tarde, disse que nunca tinha visto uma cena como essa, “talvez no cinema”. A tcheca Lucie Safarova, companheira da americana nas duplas, chegou à quadra e chorou ao acompanhar a situação.

As duas formam a melhor parceria da atualidade e venceram os últimos três Grand Slams (Aberto dos EUA em 2016 e Aberto da Austrália e Roland Garros em 2017). Em Wimbledon, elas tentavam fechar a sequência nos quatro torneios mais importantes do esporte e já haviam passado pela primeira rodada.

Mattek-Sands têm sete títulos de Slam na carreira (somando duplas e duplas mistas) e conquistou a medalha de ouro nas mistas na Olimpíada do Rio. Ela também é famosa pelo estilo das roupas que usa em quadra e fora dela. Por esse motivo, já foi chamada de “Lady Gaga do tênis”.

Mattek-Sands caída na quadra em Wimbledon (Reprodução)